logo
rss  Vol. XV - Nº 248         Montreal, QC, Canadá - quarta-feira, 27 de Maio de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Lise Thériault convida Nathalie Normandeau a promover o Plano Norte

Jules Nadeau

Por Jules Nadeau



Por ocasião duma campanha de financiamento da associação liberal da sua circunscrição de Anjou, Madame Lise Thériault convidou a vice-primeira-ministra Nathalie Normandeau a tomar a palavra diante de algumas dezenas de participantes. Como introdução, a ministra do Trabalho Lise Thériault confiou que a sua colega a tinha ajudado muito em 2002 quando ela entrou na política. Uma questão de solidariedade entre mulheres.

lise theriault nathalie normandeau
Ao entrar na cena política, Lise Thériault beneficiou muito dos conselhos das sua colega, a vice-primeira-ministra Nathalie Normandeau (à direita)
Foto: Jules Nadeua, LusoPresse

Nathalie Normandeau, que também é ministra das Riquezas Naturais e da Fauna assume ao mesmo tempo a responsabilidade do Plan Nord e foi deste plano que ela falou com entusiasmo durante alguns minutos. Um advogar entusiasta e prometedor em nome do partido no poder de Jean Charest, na sua primeira visita oficial a Anjou.

O Plano Norte representa um «novo ímpeto de prosperidade» para o Quebeque capaz de criar, não somente 100 000 empregos, mas bem «500 000 empregos por um período de 25 anos, com investimentos totalizando 80 bilhões de dólares». Trata-se dum projeto a longo prazo, indo mais longe do que uma planificação até às próximas eleições. Resumindo, um projeto imenso ultrapassando a envergadura do projeto da Baie James de que os Quebequenses se orgulham tanto.

Segundo o que observou a vice-primeira-ministra Normandeau (nomeada para este posto em abril de 2007), o acolhimento público deste projeto foi positivo. Grandes jornais como o New York Times falaram imediatamente de «projeto mobilizador». Na Europa e nos países asiáticos, o acolhimento foi igualmente favorável. É preciso mencionar também a participação de multinacionais como Rio Tinto Alcan e ArcelorMittal com o anúncio de investimentos substanciais.

Madame Thériault, que o LusoPresse entrevistou quando era ministra da Imigração, estava visivelmente em grande forma para acolher os seus partidários. Aproveitou para apresentar a dúzia de membros do seu gabinete no ministério do Trabalho - tantas mulheres como homens. Entre as pessoas presentes no cocktail figurava o ex-deputado liberal federal Pablo Rodriguez (que foi derrotado por Paulina Ayala do NPD). Nas alocuções, não foi feita numa observação sobre as formações políticas da oposição.

Ler aqui a versão francesa
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020