logo
rss  Vol. XV - Nº 239         Montreal, QC, Canadá - segunda-feira, 01 de Março de 2021
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowArquivos arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima

Festival Montréal en Lumière

Honra às Chefes e restaurantes portugueses

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

A décima segunda edição do Festival Montréal en Lumière começa hoje, dia 17 de Fevereiro, e termina daqui a 10 dias. E como dissemos em artigo anterior, o festival deste ano volta a contar com uma participação portuguesa de calibre. Ferreira Café, F-Bar, PortusCalle, Méliès, DNA e Tasca, são os restaurantes portugueses que abrem as suas portas às promoções festivaleiras. Refira-se que, à exceção do Restaurante Tasca, todos os outros marcaram presença na edição do ano passado e que, lembre-se, meteu em destaque Portugal, os seus artistas, chefes e sua respetiva gastronomia.

 

festivalmontrealenlumiere

Em 2011 a vedeta, ao contrário do que tem sido até aqui, não é nenhum país, mas sim a Chefe/Mulher. Para isso, os organizadores convidaram especialistas de todo o Mundo, da Austrália aos Estados Unidos, da França à Itália, de Portugal a Marrocos, sem esquecer o Quebeque e o Canadá. De resto, como presidente de Honra do Festival foi convidada a francesa Anne-Sophie Pic, a única mulher premiada pelo Guia Michelin - a bíblia da gastronomia mundial. Acrescente-se igualmente que no setor musical do Festival Montréal en Lumière também são duas mulheres a presidir, respetivamente, Carole Bouquet, atriz francesa famosa, e Marie-Josée Lord, neocanadiana de origem haitiana e cantadora lírica.

Da parte portuguesa, estarão entre nós a Chefe Margarida Cabaço, oriunda do Alentejo, e as produtoras de vinho Sandra Alves e Sandra Tavares. Além destas, destaque para a vinda das brasileiras Roberta Sudbrack e Paula da Silva. Aquela vem do Brasil (Rio de Janeiro); esta vem de mais perto, da Florida, Estados Unidos.

Ferreira Café

No decorrer do Festival, o Ferreira Café, dirigido pelo consagrado chefe Marino Tavares, tem o seu ponto alto nos dias 24 e 25. Nessa ocasião a chefe convidada, como já dissemos, é a brasileira Roberta Sudbrack, uma sumidade no Brasil. Na parte dos vinhos estará em ação a produtora convidada Sandra Alves. Prevê-se lotação esgotada nos dois dias.

Info: 514.848-0988

PortusCalle

Também no PortusCalle se prevê sala lotada. E os dias de referência no restaurante do Boulevard St-Laurent são segunda, terça e quinta-feira (dias 21, 22 e 24). A presença das chefes Margarida Cabaço nos dois primeiros dias, e de Johanne Vigneault, no último, dão garantias de sucesso certo. Helena Loureiro, ela mesmo chefe, dirigirá os trabalhos, honrando assim a gastronomia portuguesa em Montreal no que às mulheres diz respeito.

Info: 514.849-2070

F - Bar

O (praticamente) mais novo restaurante português da cidade, mas não menos espetacular que os melhores, e que tem Gilles Herzog como chefe principal, receberá a produtora convidada Sandra Tavares. Um e outro darão o toque necessário para que os dias 22 e 23 de Fevereiro possam ficar na memória daqueles que por lá passarem. E, acreditem, trata-se de um espaço para desfrutar.

Info: 514.289-4558

DNA

Também parte integrante do Festival, aliás, como aconteceu em 2010, o DNA do nosso compatriota Alex Cruz receberá a chefe Elizabeth Falkner nos dias 24 e 26 de Fevereiro. Também a produtora Ann Sperling marcará presença no que aos vinhos diz respeito.

Alex, mais o seu parceiro Derek, espera poder receber uma clientela da mais variada, portuguesa ou da Colômbia Britânica, de onde é oriundo o chefe Derek.

Info: 514.287-3362

Méliès

Os dias mais importante do Festival no Méliès do nosso compatriota Paulo Oliveira são o brunch do domingo, dia 20, e os dias 23 e 24. Sem convidados aparentes, fará as honras da casa Anabela Gonçalves, mais uma excelente chefe portuguesa da comunidade. Ela e mais o chefe Rodriguez, por sinal seu marido, não terão mãos a medir, principalmente no evento do domingo - um brunch servido numa sala de cinema - Cinema Ex-Centris.

Info: 514.847-9218

Tasca

O Restaurante Tasca fará as honras da comunidade participando nos Meio-dias do Festival. Todos os dias, ao meio-dia, o Tasca terá uma ementa especial no valor de 12,95$. É a gastronomia portuguesa pura que estará em evidência durante todo o festival. Franclim Gomes, chefe proprietário, coadjuvado por mais uma chefe portuguesa, Olívia de Castro, quer deixar a sua marca num evento de tanto prestígio.

Info: 514.987-1530

Finalmente, uma palavra para o Samuel de Champlain, que recebe durante todo o festival a Chefe brasileira, mas a viver na Florida, Paula da Silva. O chefe responsável deste restaurante é Philippe Mercier.

Info: 514.878-9000

Espetáculos

Relativamente à parte musical do Festival Montréal en Lumière, um espetáculo há que salientar. É o do dia 26 de Fevereiro, na Sala Astral, do 305, rua Ste-Catherine oeste, com início às 19h00. Trata-se da Noite brasileira, onde atuarão os populares artistas de origem brasileira que vivem em Montreal, Bïa, Paulo Ramos e Andiara de Souza.

Info: 514.790-1245

Novidade

E por que se está em fase de preparação, o nosso jornal avança com a novidade de que vai apresentar algo que tem a ver com este festival. Encontro marcado, então, para a nossa edição do dia 3 de Março.

O tempo no resto do mundo

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2021