logo
rss  Vol. XV - Nº 236         Montreal, QC, Canadá - quinta-feira, 04 de Março de 2021
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima
Partilhe com os seus amigos: Facebook

No Brasil

Falam-se 210 línguas

Brasília (Lusa) – O Governo brasileiro instituiu, por decreto assinado pelo Presidente Lula da Silva e publicado sexta-feira no Diário Oficial, o Inventário Nacional da Diversidade Linguística.

«Este inventário vai dar-nos não só a amplitude das línguas faladas no Brasil - quantas são de fato, como estão preservadas e a quantidade de pessoas que as falam. Isso vai ajudar no planeamento de políticas para o universo das línguas no Brasil», afirmou o ministro brasileiro da Cultura, Juca Ferreira.

O ministro lembrou que são faladas no Brasil cerca de 210 línguas, das quais 180 indígenas. As restantes são faladas por grupos de imigrantes, afro-brasileiros e comunidades surdas.

«Isso é um património, uma diversidade que complementa a importância da língua portuguesa e deve ser tratada com muito carinho», salientou Ferreira.

A gestão desse instrumento será liderada pelo Ministério da Cultura, por meio do Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional, e compartilhada pelos Ministérios da Educação, Justiça, Ciência e Tecnologia, Planeamento, Orçamento e Gestão.

O Ministério da Cultura destacou que o inventário é um meio de identificação, documentação e valorização das línguas portadoras de referência à identidade, à ação e à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira.

O seu objetivo será, além de mapear, caracterizar, diagnosticar e dar visibilidade à pluralidade linguística brasileira, o que permitirá que as línguas sejam objeto de políticas patrimoniais.

Esta nova política de reconhecimento e salvaguarda das línguas faladas no Brasil é resultado das atividades desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho da Diversidade Linguística, constituído em 2006.

As línguas inventariadas receberão, segundo o Ministério da Cultura, o título de Referência Cultural Brasileira e, com isso, beneficiar-se-ão de ações de valorização e promoção por parte do poder público.

Brasil
Brasília (Lusa) – O Governo brasileiro instituiu, por decreto assinado pelo Presidente Lula da Silva e publicado sexta-feira no Diário Oficial, o Inventário Nacional da Diversidade Linguística.
No Brasil.doc
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2021